Mude em si mesmo

aquilo que te incomoda

Nunca a psicologia esteve tão aberta à utilização da hipnose como agora. Um grande marco na sua história se deu com os estudos do psiquiatra Milton H. Erickson, falecido em 1980. Ao repensar a Hipnose, o Dr. Erickson deu a ela uma nova forma, utilizando-se de metáforas para alcançar o inconsciente dos pacientes. Até então o uso clássico da hipnose era de um modo impositivo atuando somente na eliminação de sintomas. “Hipnose é o nome dado a uma ou mais diferentes formas específicas de pensar, assim como suas consequências no corpo e na alteração da atividade neural.” Bayard Galvão – Presidente do Instituto Milton Erickson de São Paulo.

Agende seu horário

Como irá funcionar?

Utilizada de forma ética e consistente pelo hipnoterapeuta, a hipnoterapia utiliza os fenômenos da hipnose para ajudar milhares de pessoas no mundo todo no tratamento de obesidade, depressão, pânico, estresse, infertilidade, melhora de performance para atletas, problemas de autoestima, anorexia, bulimia, distorção de autoimagem, qualidade de vida, distúrbios psicossomáticos, questões ligadas a carreira, entre outras.

QUEM PODE FAZER?

A principio qualquer pessoa pode ser hipnotizada, desde que os pacientes não apresentem dificuldades em manutenção do raciocínio lógico.

É importante saber:

Hipnose não é mágica! É uma forma especifica de proporcionar um tratamento mais efetivo e, portanto com uma possibilidade de maior rapidez nos resultados.

Vale lembrar que a Hipnose pode solucionar ou atrapalhar ainda mais um problema caso você caia em mãos erradas.

Somente profissionais qualificados, com formação específica, poderão fazer um diagnóstico correto, planejar as metas a serem alcançadas no tratamento e a partir dai intervir de uma forma ética, confiável e sólida.